sexta-feira, 21 de maio de 2010

EM FESTA DE AVIÕES DO FORRÓ POLICIAIS TROCAM TIROS E MORREM NA PB


(Foto: Walter Paparazzo)

Uma discussão iniciada durante uma festa no centro de Santa Rita-PB, seguida de perseguição e tiroteio deixou duas pessoas mortas e outras duas feridas. As vítimas fatais foram dois integrantes da Polícia Militar, identificados por soldado Reikson, pertencente ao Grupo de Ações Táticas Especiais – GATE e o cabo R. Alves, do 7º BPM.

Segundo as primeiras informações toda a confusão começou numa festa de rua no centro de Santa Rita-PB. No local houve discussão e todos saíram do local em dois veículos, um Astra e um Fiesta. No caminho um dos carros bateu no outro, acontecendo nova discussão e em seguida o tiroteio.


Durante a troca de tiros o cabo R. Alves morreu no local, próximo a Delegacia de Polícia, enquanto que o soldado Reikson também ferido era socorrido pelo irmão no carro do militar. próximo a BR-230, o peneu do veículo estourou e o militar morreu dentro do carro.


No hospital de Emergência e Trauma também deram entrada duas pessoas, que segundo informações também se envolveram no tiroteio.


As primeiras informações dão conta de que os envolvidos na tragédia teriam discutido no local da festa, onde se apresentava a banda Aviões do Forró, Todos saíram do local e se dirigiram para seus veículos,No caminho um dos carros bateu contra o outro e todos saíram dos veículos, discutiram e houve a troca de tiros. Policiais não se conheciam e não tiveram tempo de se identificarem um para o outro.


O soldado Reikson pertencia ao Grupo de Ações Táticas Especiais, Gate e possui curso junto ao BOPE do Rio de Janeiro. O cabo R. Alves pertencia ao 7º Batalhão da PM, sediado em Santa Rita-PB.
Retirado de Ronda Do Sertão

Um comentário:

THIAGO disse...

caramba eu conhecia o cabo R.Alves,conhecido como jô oiao,vai com Deus meu irmão,realmente lamentavel esse ocorrido.

Postar um comentário