terça-feira, 22 de março de 2011

O NOSSO BLOG ESTEVE NO LOCAL DO ACIDENTE PROXIMO A J.DE PIRANHAS E REGISTROU ALGUNHAS FOTOS
















3 comentários:

Joserrí disse...

O que nenhum blog de notícias abordou, até agora, mesmo os que estiveram presentes no local do ocorrido, foram questões como:

a) De quem teria sido o excesso, infração, invasão de faixa, etc, que causou a colisão?
b) Por que o sistema de travamento do segmento elétrico do Ford KA não cortou a fonte de alimentação de modo automático? A falha poderia ter provocado mais vítimas, caso o veículo tivesse incendiado ou explodido...
c) Por que a equipe de socorro, embora tempestivo ao condutor do veículo tipo Strada, não identificou a gravidade de seus ferimentos, neste caso fatais? Geralmente se subestima feridos conscientes, que por vezes vão a óbito por hemorragias internas.
d) A equipe de socorristas de Caicó dispõe de todas as ferramentas para uma abordagem desse porte?
e) O SAMU do Seridó vai ou não ser implantado? As UTIs móveis são essenciais na prestação dos primeiros socorros em acidentes graves.
f) Os hospitais do Seridó já dispõe de infra-estrutura para atendimentos de politraumatismos e ocorrências de urgência, preservando e salvando vidas?

Joserrí - Natal, RN
http://joserrilucena.blogspot.com/

Joserrí disse...

Rosivan, parece que meu comentário não foi bem entendido.

Tenho feito críticas ao poder público, na intenção de atrair investimentos para setores como saúde e segurança pública.

Os profissionais, que não têm culpa pelo sucateamento, fazem o que podem, bravamente.

Mas é nosso dever é solicitar mais recursos para que se tenha condições de fazer mais e melhor pelas vidas dos cidadãos, como SAMU, helicóptero, equipes médicas móveis e instrumentalização das casas de saúde do Seridó.

Infelizmente temos lido sobre óbitos que poderiam ser evitados, se houvesse um olhar mais atento para o Seridó, em investimentos nessas áreas.

Se você achar que meu comentário anterior está inadequado, favor retirar do ar.

Grato,
Joserrí

Dhyego disse...

Boa abordagem Joserri, mas também esquecemos o fato que no local jah aconteceram vários acidentes, e na maioria com vítimas fatais, fica a pergunta, quantas pessoas ainda será preciso morrer para q seja tomada alguma providência quanto ao caso dessa estrada, será que poderia mudar o trajeto? fica a dúvida não é mesmo?

Postar um comentário