terça-feira, 28 de junho de 2011

Detento do Presídio Pereirão teria plano contra Promotor de Justiça de Jardim de Piranhas que está sob escolta Policiall de 24 horas



O Ministério Público do Rio Grande do Norte vai reforçar os esforços empreendidos para garantir a proteção de seus membros e intensificar a atuação fiscalizadora e combativa da Instituição na Comarca de Jardim de Piranhas, região Seridó do Estado.

A iniciativa de adotar todas as medidas que estão ao seu alcance, além de envolver na questão outras instituições, como as polícias militar e judiciária, bem como a administração do presídio “Pereirão”, em Caicó, se deve ao fato do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), do Ministério Público Estadual, ter indícios de um plano que coloca em risco a integridade do Promotor de Justiça daquela Comarca, Alysson Michel de Azevedo Dantas.

No dia de ontem (27/06), as Promotoras de Justiça Beatriz Azevedo de Oliveira e Fladja Raiane Soares de Souza, designadas para atuar em Jardim de Piranhas em apoio ao colega Alysson Michel, denunciaram, o senhor João Maria Soares de Brito, mais conhecido por “João Maria Macaco”, por homicídio praticado contra Francivan Alves Dantas, em janeiro do ano passado.

João Maria encontra-se preso no presídio de Caicó denunciado pela autoria deste homicídio e segundo informações repassadas ao GSI teria verbalizado a intenção de atentar contra a pessoa do Promotor de Justiça por este ter conduzido as investigações que redundaram na denúncia apresentada à Justiça.

A designação de duas Promotoras de Justiça para atuar conjuntamente com o titular de Jardim de Piranhas e a escolta 24 horas são ações já adotadas desde que o Ministério Público tomou conhecimento das ameaças.

Fonte: Assessoria de Imprensa MP/RN

2 comentários:

Naquib Oliveira Libanio disse...

O promotor de Jardim de Piranhas não precisa de escolta não ele acha que é Deus e se mete muito a onde não deve.

J Filho disse...

Para esse puxa saco, que não é esclarecido, vale lembrar que ele está fazendo o serviço dele. Continue assim promotor, esse é o seu papel, diferente de alguns que não tem conhecimento de causa, apenas serve para barjular.

Postar um comentário